Mortal Kombat

MORTAL KOMBAT

SUPER NINTENDO – ACCLAIM - 1993

 

Em 1992 dava a caras o jogo que seria chamado de “ultra-violento”, “sanguinário” e “cruel” pelos pais de todo o mundo, proibindo seus filhos de verem esse jogo!

 

Você pode não ter nascido nessa época,

Mas hoje falarei de um jogo que marcou tudo na história dos jogos de luta nos games!

 

Conheça aqui em detalhes o ínicio da saga

 

 

MORTAL KOMBAT!!!!!

 

 

É isso aí!!!

 

 

 

-HADOUKEN!!!!!

Ops...

=X

 A FEBRE MK!!!!!!!!!

Pra quem viveu a época dos famosos arcades (que podiam ser encontrados até mesmo na padaria do Sandrão aqui na minha vila), já sabe o que estou falando!!!

Todos os moleques dessa época respiravam MK,

Sonhavam com a Sonya pelada de noite,

E alguns até tinham pôsteres do Liu Kang pendurado no quarto.

-Lindaaaa!!!!! *-*

minha gente...

MK foi uma febre!!!

 

E nós, pobres jogadores viciados, que não tínhamos condições de todo dia gastar grana em fichas, tínhamos que ficar apenas babando vendo os outros jogando... e isso era muito chato!

MK já havia estourado em todos os cantos do país!!!

E o jogo era mais do que esperado pra chegarem nos consoles domésticos!

 

Na real... nossos dedos se coçavam todo querendo ficar 24h num dia dando o fatality do Scorpion no nosso irmão!!! Era osso agüentar essa ansiedade!!!

 

Nós queríamos logo era ver aquela violência toda rolando na nossa TV!!! \o/

-Assando a batata!

 

O JOGO

Unido de muita sabedoria JOHN TOBIAS e ED BOON resolveram criar um novo game de luta que fosse capaz de atrair milhões de jogadores (e conseqüentemente, milhões de dólares) , com isso eles apelaram para a tecnologia “motion capture”, onde se pega os movimentos de humanos reais e se digitaliza, essa foi uma técnica primeiramente usada em PIT FIGHTER, que foi um desastre... aqui a coisa foi evoluída e bem melhor.

Sem contar que lutar aqui também fazia mais sentido do que em PIT FIGHTER. É sério... eu nunca entendi aquele jogo.

 

MK foi histórico, continue lendo e você entenderá melhor... sério! Não pare de ler, não se já preguiçoso.

>< 

 

A HISTÓRIA

Tipo assim...

Um torneio chamado “Mortal Kombat” é um torneio que ocorre de geração em geração.

Sendo que o primeiro torneio foi realizado à mó tempão, tipo uns dez séculos passados do nosso tempo atual (e acredite, isso faz muito tempo mesmo). Nesse torneio o vencedor foi nada mais nada menos que Shang Tsung! Que era um kara cruel demais, que não se contentava apenas em matar seu oponente, ele era guloso e no final ainda roubava a alma do adversário... e isso é muito punk!!!

Durante todo esse tempo, Shag Tsung e seu fiel “aluno de estimação” Goro, mativeram a ordem... porém, passado 500 anos, novos oponentes são escalados para o novo torneio MORTAL KOMBAT que será formado, será que dessa vez Shang Tsung conseguirá manter o titulo?  

 

E embora esse seja um jogo de luta, precisamos admitir que pelo menos os criadores perderam um bom tempo tentando criar uma história decente.

 

MK NO SNES

Em 93, chegava enfim ao console da Nintendo aquele que seria o maior jogo de luta que alguém poderia ter em casa!!!

Nessa época, ter um cartucho de MK em casa, era o mesmo que ter um troféu!!!

Algo para se guardar e nunca emprestar!!!

-Cage Wins, PORRA!!!

Bom, pra começar os gráficos do jogo ficaram legais pra caralho! Surpresa para todos...  o SNES conseguiu realçar com nitidez, trazendo o realismo presente no arcade, não tão perfeitamente, claro...  

O som também se manteve legal! Trazendo o clima dark que todos nós queríamos... bixo, era uma sensação tipo de arrepiar!!!

 

A jogabilidade perdeu um pouquinho... mas nada de sair xingando não.

 

E pra completar, todos os personagens estavam lá!

(Se você não esteve na terra nos últimos 10 anos, ae vai novamente a lista dos personagens)

KANO

Um ladrão, marginal, safado e fequentador de zonas e segundo as más línguas ele tem uma quedinha pela Sonya.

 

SUB-ZERO

Conhecido como o homem do gelinho, e é apelão pra cacete! Repare!

 

SCORPION

Esse é o kara! Scorpion é do mal, sua comida predileta é churrasco que ele come logo após o fatality. 

 

SONYA

Gostosa, linda, maravilhosa, cheirosa e perfeita! Uma pena que ela se tampe toda nessas roupas... por isso que eu digo que a Kitana realmente deveria estar no jogo...

 

LIU KANG

O mocinho do jogo, está para a série MK, assim como Luke Skaywalker está para toda a série STAR WARS, podemos concluir então que Liu Kang foi o bonequinho mais vendido.

 

JOHNNY CAGE

Ele busca a vitória no torneio para restaurar sua fama... ou seja, é um egoísta e só pensa nele!

 

RAYDEN

Rayden is GOD!!! \o/

 

Todos os cenários estavam lá, incluindo o cenário da ponte, VEJA:

 

O Reptile secreto estava lá, VEJA:

 

Até a tela de “TEST YOUR MIGHT” estava presente, VEJA:

 

Ah! Você já sabe né? A VEJA é um lixo, não VEJA!!!!!!

 

 

A MANCADA DA NINTENDO.... xD

MK 1 para SNES é conhecido até hoje como uma das maiores pisadas na bola da Nintendo!!!

Não sabe porque???

 

Ah...

Então vamos lá!!!

 

Ao jogarmos a versão SNES,

Víamos que algo aconteceu...

Sim... A NINTENDO FODEU TUDO O JOGO!!!!

 

(pronto, falei!!!! xD)

 

Pra quem não sabe, a Nintendo sempre foi presa a censura, proibindo placas de propagandas de cigarros em seus jogos de corrida, e coisas esquisitas do tipo...

 

Mas a censura da Nintendo contra esse jogo foi tanta que ela praticamente o transformou em outro jogo!!!

 

Pra começar, a Nintendo retirou o sangue do jogo kara!!!

Meu... você sabe o que é isso????

 

Kara!!!

Jogar um MK sem sangue é o mesmo que assistirmos a uma COPA DO MUNDO sem bola! Sério!

Portanto... NÃO EXISTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! NÃO EXISTE MK SEM SANGUE!!!!

A diversão do game, queira ou não era dar um fatality na cabeça e tirar 4859860 litros de sangue do seu oponente durante a batalha.

E foi aí exatamente que a NINTENDO vacilou geral!

 

Foi retirado o sangue no jogo, ou melhor... o sangue foi substituído por espirros de suor (ou espirros de areia, ou espirros de madeira compensada, eu até hoje não sei exatamente do que se trata aquilo) e ficou estranho... bizarro

Lembrando que a versão do MEGA DRIVE trazia um código que possibilitava liberar o sangue... e claro, todo mundo só jogava essa versão com esse código, por isso que eu digo que as revistas especializadas da época devem ter vendido horrores para divulgar esse código. Quem diria que a maioria delas entraria em falência por causa da net... ah... coisa da época.

E tem mais!

A Nintendo retirou a palavra “FATALITY”, por achar muito agressiva!!!

 

“FATALITY” foi substituído simplesmente por “FINISHIM MOVE”...

 

Hã???????????????????

 

E AINDA TEM MAIS!!!

A NINTENDO além de tudo, modificou os melhores FATALITYS do game!

 

Kara!!!! Isso não faz sentido nem aqui nem na Tailândia... e muito menos em Nova Guiné!!!!

 

Meoooooooo!!! Como puderam fazer isso com nós?????

 

Em outras palavras o fatality mais fodão de todos já não estava presente, e claro que estou falando do fatality do SUB-ZERO, aquele que ele tipo ele tirava a espinha do oponente, isso era muito irreal, mas ao mesmo tempo, macabro, sangrento e perfeito!

 

Veja:

 

 

Outras modificações:

O fatality do Kano (que também era perfeito) virou um negócio estranho, por que tipo ficou parecendo que Kano vai e tira uma camada de ar do peito do inimigo, ao invés do coração. ><

 

O fatality do Jonhhy Cage, em que ele tirava a cabeça do oponente (sim... MK realmente era violento) foi substituído por algo que inexplicavelmente eu nem consigo explicar aqui... sério, parece que ele dá tipo um chute de highlander... olha, se alguém souber certinho comente aí! ><

 

Claro que já estávamos putão com a falta do fatality so SUB-ZERO, mas o mais difícil de enteder é a ausência de mudanças nos fatalities do Rayden, Scorpion e companhia... será que consideraram menos fatality torrar um oponente? Sabe se lá...

 

Esses foram os pontos negativos que pesaram na balança da NINTENDO...

 

E pesaram bem mais na balança de renda da SEGA, visto que o MEGA DRIVE vendida horrores impulsionando por sua versão, que embora com gráficos mais precários que a versão do SNES, tinha mais diversão, pois era um MK completo.

 

FINISHIM HER!!!

 

O jogo tem gráficos soberbos, jogabilidade que dá conta, musica e tudo fiel!

Porém... mudar totalmente o jogo foi duro de agüentar!!!

 

E a Nintendo ainda queria correr a trás, brigando com a SEGA, lançando propagandas para TVs dizendo resumidamente; “CUIDADO: Jogar GENESIS é prejudicial a seu filho!”

 

Lógico que MK1 foi um fracasso de vendas para SNES se comparado com a versão da SEGA...

 

E o pior de tudo é ver que em MK2 a NINTENDO liberou tuuuuuuuuuuuuuudoooooo!!!

 

Enfim... vai enteder...

 

NOTA FINAL

 tem um grande valor histórico... mas não poder dar o verdadeiro FATALITY do Sub-Zero é algo que nos magoam nos fundo do coração até hoje!!!

 

 

=P

 

Postado por: PALHAÇO DA PRAÇA

 

 

Komente! =D

concordancia

rds 23-05-2011
ai cara tu ta serto Sonia liiiiiiiindaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!

Concordo

Thiago 20-05-2011
Concordo com o que voce disse palhação,o game tem o seu valor histórico mas não poder dar um verdadeiro fatality é DEPRIMENTE!!!

mk2

leonel 28-12-2010
por isso q o mk2 foi melhor para o snes, liberou geral.. ou, e esse mk1 no fliper era dificil pra caraio!!

Aê, como faz?!

Lucas_Believer 20-12-2010
o Pit Fatality do primeiro cenário, da larva verde?! Até hoje não consigo fazer esse fatality.

Re:Aê, como faz?!

Palhaço da Praça 26-12-2010
Fala aí kara,

é simples... é só segurar A e B juntos e aplicar um gancho (BAIXO + Y)... e pronto o inimigo cai na lava e páááá!

Com todos os personagens vc faz esse mesmo movimento que é o mesmo comando sempre.


Lembrando que esse é o primeiro cenário do MK2...


Valeu e continue sempre nos visitando!


um abraço do palhaço.

Novo Comentário

Visitantes online

ESPAÇO NINTENDO
Resgatando o nosso tempo de pivete desde:
23/01/2009

Parceiros